Cuidados com a Saúde, Doenças comuns

Conheça 12 Causas de Colesterol Alto e como combatê-lo

colesterol alto

Embora as causas de colesterol alto sejam variadas, a má alimentação — rica em carboidratos e gorduras —, o histórico familiar e o excesso de álcool são as mais preocupantes.

O colesterol é popularmente conhecido como a gordura existente no sangue. Ele é sintetizado naturalmente no fígado e tem funções muito importantes, como a produção de hormônios, por exemplo. No entanto, essa substância em excesso pode trazer grandes riscos à saúde.

Pensando nisso, separamos as 12 principais causas do colesterol alto e maneiras de combatê-lo. Para aprender como e manter sua saúde em dia, continue conosco a leitura!

Tipos de colesterol

O colesterol tem a composição semelhante a um óleo, e apesar de estar presente no sangue, não se mistura com ele. O seu transporte acontece por meio de 2 tipos de lipoproteínas: a de baixa densidade (conhecida como colesterol ruim, o LDL) e de alta densidade (colesterol bom, HDL). As funções dessa substância no corpo são vitais, e entre elas estão:

  • contribuir na estrutura das paredes das células, regulando entradas e saídas;
  • auxiliar na produção de ácidos biliares no intestino;
  • ajudar na produção de vitamina D;
  • permitir que o organismo produza certos hormônios.

Níveis de colesterol

O LDL é conhecido como colesterol ruim, pois quando em excesso, acaba se alojando na parede das artérias e causando riscos de desenvolver outras doenças.

Já o HDL faz a limpeza dessas artérias. Por esses motivos, é preciso que os dois estejam sempre equilibrados — com o LDL em níveis baixos e o HDL em níveis altos — para o funcionamento perfeito do organismo. Mas isso nem sempre é possível. Algumas situações podem causar o aumento do LDL e apresentar riscos, como:

  • hipertensão;
  • infarto agudo do miocárdio;
  • insuficiência cardíaca;
  • aterosclerose (acúmulo de gordura em artérias);
  • diabetes;
  • acidente vascular encefálico.

Principais causas

Os níveis altos do LDL (acima de 130 mg/dL) são prejudiciais e podem estar associados com hábitos alimentares, sedentarismo e disfunções do organismo. As principais causas desse aumento são:

1. histórico familiar (casos na família);

2. alimentação rica em gorduras e açúcares;

3. consumo excessivo de álcool;

4. sedentarismo;

5. tabagismo;

6. obesidade;

Fácil ConsultaPowered by Rock Convert

7. diabetes descompensada;

8. irregularidades da tireoide (hipotireoidismo ou hipertireoidismo);

9. insuficiência renal ou hepática;

10. gravidez ou outras condições que variem a produção de hormônios femininos;

11. síndrome do ovário policístico;

12. abuso de medicamentos (esteroides, anabolizantes, corticoides e progesterona, por exemplo).

Sintomas

Em geral, o aumento do colesterol não provoca sintomas — e é descoberto somente com a realização de um exame de sangue. Por isso, é importante estar com as consultas de rotina em dia.

Entretanto, o excesso do colesterol acaba aumentando a gordura no fígado, e a partir disso, sinais e sintomas começam a surgir, como:

  • inchaço e sensibilidade na região abdominal;
  • inflamação nas articulações;
  • indigestão;
  • intestino preso;
  • enjoo;
  • mau hálito;
  • dores no peito e dores de cabeça;
  • alergias de pele;
  • fraqueza.

Medidas para combatê-lo

Ao identificar os sinais e sintomas do colesterol alto, a primeira coisa se fazer é procurar atendimento médico. O acompanhamento de um profissional especialista é essencial para a confirmação do diagnóstico e a prescrição de medicamentos efetivos para o tratamento.

No entanto, outras medidas podem ser executadas para combater os altos níveis de colesterol. Uma dieta balanceada associada à prática de atividade física auxiliará a manter o peso ideal e, consequentemente, diminuir as taxas do colesterol LDL.

Além disso, procure evitar ingerir alimentos ricos em gordura e açúcar, priorizando frutas, legumes e grãos ricos em fibras em suas refeições. Também diminua o uso do óleo, dê preferência a carnes magras e brancas e evite alimentos industrializados. Por fim, abandonar hábitos nocivos, como álcool e tabaco, é indispensável.

Você pôde conhecer as principais causas de colesterol alto e as ações mais eficazes para combatê-lo. Fique atento à sua saúde e de sua família e mantenha as consultas de rotina em dia. Afinal, essa é a melhor maneira de garantir a segurança e o bem-estar de todos!

Gostou das dicas desse artigo? Então, assine nossa newsletter para receber mais conteúdos como este!

Você Também Pode Gostar

3 Comentários

  • Responder Diabetes, conheça as principais causas e como tratar - Blog Fácil ConsultaBlog Fácil Consulta julho 10, 2019 at 6:38 pm

    […] A atividade física aumenta os níveis de HDL, colesterol bom, que diminui os efeitos nocivos do colesterol alto; ao mesmo tempo, também aumenta a sensibilidade à insulina, diminuindo os efeitos deletérios da […]

  • Responder Como a obesidade infantil pode ocasionar problemas na vida adulta? - Blog Fácil ConsultaBlog Fácil Consulta julho 10, 2019 at 7:51 pm

    […] O colesterol LDL, conhecido como mal colesterol, é outra condição causada pelo acúmulo de gordura no organismo, que fica alojada nas artérias e coronárias. Isso pode elevar à formação de placas aterosclerose, as quais prejudicam o fluxo sanguíneo para os órgãos e aumentam as chances de AVC, infarto, entre outros. […]

  • Responder Saiba quando marcar uma consulta com Endocrinologista - Blog Fácil ConsultaBlog Fácil Consulta julho 10, 2019 at 7:55 pm

    […] como síndrome do ovário policístico e hipotireoidismo. Outras causas metabólicas, como o colesterol alto, podem acompanhá-la. O ideal é sempre acompanhar com um profissional para desvendar a causa do […]

  • Deixe uma Resposta