Cuidados com a Saúde, Doenças comuns, Saúde e bem estar

Manchas na pele: quais os tipos e causas?

manchas na pele

Brancas, amarronzadas, vermelhas ou pretas: seja de qual cor forem, as manchas na pele configuram uma das principais queixas nos consultórios médicos. Elas podem surgir em qualquer gênero e idade, ser transitórias ou permanentes. Algumas são indolentes e não trazem maiores perigos para a saúde. Outras, no entanto, devem acender um alerta para doenças mais traiçoeiras.

Dada a imensidão de tipos de manchas na pele, é importante saber quais cuidados devemos tomar caso uma apareça. Pensando nisso, esse artigo foi feito especialmente para que você conheça as principais características desse sintoma. Não se esqueça que informação é a melhor prevenção para as doenças! Vamos lá?

Manchas na pele: Brancas

A pele tem vários tons. Normalmente, ela varia em um espectro de cores claras em indivíduos caucasianos e em cores escuras, presentes nos afrodescendentes. A principal substância responsável por essa variedade é a melanina, produzida em células chamadas melanócitos.

Quando a pele começa a adquirir um aspecto mais claro, não é raro que haja algum problema nessas células. O vitiligo é o exemplo mais clássico de pigmentação esbranquiçada advinda de um mal funcionamento dos melanócitos. Da mesma maneira, outras condições que chamamos de autoimunes também podem causar manchas brancas na pele. Dentre outras causas desse tipo de lesão estão as infecções como, por exemplo, as micoses.

Manchas na Pele: Vermelhas

Não é apenas a melanina que determina a cor de nossa pele. Outro pigmento que poucas pessoas sabem que age como tal é a hemoglobina, molécula presente em nosso sangue. Quando há aumento da circulação sanguínea (ao ficarmos irritados, por exemplo) é comum uma coloração mais avermelhada.

Fácil ConsultaPowered by Rock Convert

Esse é o raciocínio por trás de manchas vermelhas. Processos inflamatórios agudos, presentes nas acnes e nas reações alérgicas, por exemplo, podem desencadear esse tipo de lesão. Caso elas sejam de nascença, podem ser devidas a um hemangioma. Essa condição benigna se caracteriza por uma proliferação de células de vasos sanguíneos e acúmulo de sangue em uma região.

Manchas Roxas

Roxo é a cor clássica de um hematoma. Quando o sangue sai dos vasos, o processo de coagulação e de degradação enzimática dão a ele essa cor. Por esse motivo, manchas roxas geralmente são devidas a processos traumáticos, como quedas ou batidas. Alguns distúrbios de coagulação ou doenças que afetam os capilares — como a dengue — também podem resultar nessas lesões.

Manchas Pretas

Como mencionamos, a cor mais escura na pele geralmente é ocasionada pela melanina. Por isso, a maioria das manchas pretas na pele são derivadas de melanócitos. O exemplo mais comum dessas lesões são os nevos, comumente chamados de “pinta” ou “mancha”. Como o seu próprio nome em latim indica (significa, literalmente, “marca de nascença”), a maioria dos nevos é congênito.

A mais temida das manchas pretas é o melanoma, o câncer de pele mais raro. Ele é caracterizado por um aumento descontrolado na proliferação dos melanócitos, podendo invadir áreas adjacentes e se espalhar pelo corpo. O melanoma geralmente se apresenta em uma lesão com bordas irregulares, diferentes tonalidades e tamanho maior do que um centímetro.

Conhecer as diferentes manchas na pele torna mais fácil suspeitar de uma doença mais grave, não é mesmo? O mais importante é que você não adie sua consulta a um especialista caso note alguma dessas manchas. Lembre-se que é sempre melhor prevenir do que remediar.

Gostaria de saber mais sobre saúde e bem-estar? Assine nossa newsletter!

Você Também Pode Gostar

Nenhum Comentário

Deixe uma Resposta